38º Congresso do ANDES-SN aprova plano de lutas e pautas centrais para 2018

O congresso, que iniciou dia 28 de fevereiro de 2019, reuniu quase 600 docentes de todo o pais (um dos maiores da história do ANDES/SN) e debateu as diretrizes centrais da luta docente para os próximos anos. A ADCESP foi representada pelos professores Marcelo Reges e Daniel Solon, delegados eleitos em Assembleia Geral da Categoria.

O congresso aprovou a centralidade da luta dos docentes das Instituições de Ensino Superior para este ano: atuar buscando participação da base, pela construção de uma ampla unidade para combater a contrarreforma da Previdência, as privatizações e revogar a EC 95. Defender a livre expressão, organização e manifestação, enfrentando as medidas antidemocráticas da extrema direita; defender os direitos fundamentais dos(as) trabalhadores e trabalhadoras; os serviços e o(a)s servidores(a)s público(a)s, bem como o financiamento público para a Educação, Pesquisa e Saúde Públicas.

Para tanto, emprenhar-se na construção de uma Frente Nacional Unitária, como espaço de aglutinação para esta luta, contribuindo assim para avançar na organização da classe trabalhadora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *